Garagens comuns


Aprovação dos Condóminos

As garagens comuns ou não podem ser usadas carregar o veiculo elétrico, durante a noite, quando a tarifa é mais económica. Os Condóminos que o pretenderem fazer, mas não disponham de uma tomada no seu lugar de estacionamento, têm a lei do seu lado. Para que o Condómino seja impedido de instalar a tomada elétrica é necessário uma oposição expressa de dois terços dos Condóminos. Se a resposta ultrapassar os prazos legais a aprovação é tácita.

A partir de Março de 2011, previsivelmente, todos os edifícios novos terão de incluir obrigatóriamente uma pré-instalação da tomada elétrica em cada lugar de estacionamento.

Fonte: http://ocarroelectrico.com/

Potência contratada necessária

Uma questão a ter em conta é a potência que necessitará contratar. Uma vez que essa informação ainda não se encontra acessível para quase nenhum ou nenhum dos modelos anunciados, é necessário inferir este valor. No exemplo apresentado estima-se o valor com base em duas características fornecidas pelos fabricantes: Potencia armazenada e tempo de carga da bateria. O valor real poderá ser superior, pois o consumo de energia de uma recarga de bateria não é linear, variando ao longo do tempo.A potência disponível terá de ser pelo menos igual ao pico de carga.

Usando o veiculo Nissan Leaf como exemplo, temos que este armazena  24KW/h em 8 horas(ver especificações do fabricante). Assim, estima-se que o veiculo necessitará perto de 3KW/h (=24KW/h / 8h), o que é equivalente a 1,5 vezes a potência consumida por um máquina de lavar roupa. Embora pareça muito não é, pois  em termos monetários o KW/h custa cerca de 11 cêntimos, em horário não económico. Com 24KW/h o veiculo percorre cerca de 160Km. Na páginaVeículos elétricos - Calcular poupançapode simular diferentes cenários.


InstalaçãoDeterminada a potência há três cenários possíveis:
  • usar um contador da EDP comum para todos os lugares de estacionamento dos condóminos. Esta solução deverá requerer contadores individuais de eletricidade;
  • fazer novo contracto com a EDP para instalar uma tomada e um contador individual na garagem. Significa também que irá receber mais uma fatura, referente ao novo contracto;
  • usar a instalação elétrica do domicilio. Esta opção evita ter de pagar mais um contracto, contracto que não obriga a pagar o contador mas obriga a pagar a potencia contratada. Terá de ter em atenção que, enquanto o veiculo carrega terá menos potencia disponível em casa, o que pode significar ter de adiar a utilização de um máquina de lavar. O ideal é ter máquinas de lavar com temporizador, podendo assim lavar depois do veiculo já estar "atestado". Também deverá ser possível, com o equipamento certo, agendar o carregamento do veiculo para a madrugada, inicio do dia.

Qualquer que seja a hipótese escolhida, é bastante vantajoso que se opte pera tarifa bi-horária ou tri-horária, pois o preço do KW/h à noite é muito inferior ao preço do mesmo durante o dia.

Outros locais onde pode carregar o veiculo
  • google Maps - Pontos já existentesProjeto da Associação Fórum Nova Energia com apoio dos seus associados em parceria com Alargador.org
  • Em 2011 serão instalados 1350 postos de abastecimento. O sistema Mobi.E leva o carregamento de veículos elétricos aos condomínios privados, edifícios públicos, parqueamento privativos de acesso público, como parques de estacionamento das nossas cidades, grandes superfícies comerciais, supermercados, aeroportos, postos de abastecimento de combustíveis, sobretudo aos que se encontram nas vias de ligação entre os principais centros urbanos. Fontes:Portal do governoEDP - ver item "Como se carrega os veículos"