.


Fundo de Reserva

Fundo de Reserva

O Fundo de Reserva é formado pelas contribuições dos Condôminos para despesas de conservação das partes comuns. Não inclui despesas correntes como despesas como agua, limpeza ou eletricidade.

É financiado pelos Condôminos, sendo incorporado a sua contribuição no valor pago mensalmente em cotas pelos Condôminos.

Constituir um Fundo de Reserva têm os seguintes benefícios:

  • Separar o montante destinado à manutenção do montante necessário para fazer face às despesas correntes (despesas do dia a dia). Desta forma, fica claro quanto a associação tem aplicado em poupanças para fins de manutenção.

  • Reduzir o impacto financeiro que grandes manutenções como a pintura do prédio podem trazer se os condôminos tiverem de desembolsar de uma só vez o valor ou parte do valor necessário para efetuar a pintura. Se bem calculada, a manutenção não terá qualquer impacto adicional na cota mensal, pois é financiada todos os anos por uma percentagem do montante pago em cotas pelos Condôminos (ver operações Extraordinárias em Categoria de Operações).

  • O montante do fundo de reserva pode ser aplicado em uma conta a prazo, permitindo assim uma maior rentabilidade em relação ao juro obtido por uma conta à ordem. Como o valor do fundo pode atingir dezenas de milhares, o rendimento obtido poderá ser significativo.

  • Proteger a Associação de Condôminos de roubo. Se houver restrições legais associadas à conta, como só poder fazer levantamentos para obras de conservação, então terá uma garantia adicional de que o dinheiro não será usado para fins pessoais. As restrições podem ser várias como forçar a apresentação de orçamento, e/ou ata ao Banco ou a transferência do dinheiro ser direta para a conta da empresa prestadora do serviço. Consulte a legislação do seu país.